Polícia Rodoviária Federal apreendeu caminhonete transportando documentos e equipamentos subtraídos ilegalmente de uma Prefeitura maranhense
O condutor informou que a carga é relativa à gestão encerrada no último dia 31 de dezembro e que seria levada para São Luís.

Na tarde desta quarta-feira, por volta das 15h54min, uma equipe PRF da Unidade Operacional (UOP) de Santa Inês, distante 250 km da capital, apreendeu uma caminhonete VW/AMAROK CD, de cor branca e placa NZW-8567, que transportava diversos materiais da Prefeitura do município de Nova Olinda do Maranhão, localizado no noroeste do estado. Minutos antes a equipe havia recebido uma informação através de denúncia anônima que um veículo com as mesmas características poderia passar naquela UOP PRF transportando irregularmente computadores e outros bens pertencentes ao acervo patrimonial da Prefeitura. Ao ser abordado na BR 316 o condutor, de 37 anos, informou que os bens transportados haviam sido retirados da Prefeitura sem autorização.

Polícia Rodoviária Federal apreendeu caminhonete transportando documentos e equipamentos subtraídos ilegalmente de uma Prefeitura maranhense.
Durante a fiscalização foi constatado que a caminhonete estava completamente abarrotada de documentos da Prefeitura relativos à gestão anterior, fato que, em tese, configura suspeita de crime de SUPRESSÃO DE DOCUMENTO (Art. 305 – Destruir, suprimir ou ocultar, em benefício próprio ou de outrem, ou em prejuízo alheio, documento público ou particular verdadeiro, de que não podia dispor), considerando que foi dito pelo acusado que a atual gestora do município não tem ciência do transporte de tais documentos. Reforça ainda a suspeita de possível irregularidade o fato de ter ocorrido a mudança de gestão há apenas três dias.

O condutor disse que trabalha para o prefeito anterior e recebeu o veículo deste já com toda a documentação e os demais materiais embarcados.
O condutor disse que trabalha para o prefeito anterior e recebeu o veículo deste já com toda a documentação e os demais materiais embarcados. Disse ainda que não sabe onde entregaria o veículo chegando em São Luís e que ficou apenas de avisar por telefone quando estivesse chegando. Os PRFs encaminharam a ocorrência para a Delegacia de Polícia Civil em Santa Inês-MA.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO NÚCLEO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PRF
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE

Produção literária da periferia de São Paulo é disponibilizada em portal bilíngue

Obra de 18 escritoras e escritores estará disponível em inglês e português a partir do dia 17 de janeiro.

Saindo das páginas em papel para a plataforma online, uma antologia bilíngue com a produção literária das periferias de São Paulo está em construção. Com lançamento marcado para o dia 17 de janeiro, o projeto é uma iniciativa inédita de tradução para a língua inglesa e carrega a preocupação de apresentar uma autoria igualitária entre homens e mulheres. Os textos intercalam a obra de 18 autores, escolhidos a partir de ampla pesquisa, sendo 9 mulheres e 9 homens.

Os textos intercalam a obra de 18 autores, escolhidos a partir de ampla pesquisa, sendo 9 mulheres e 9 homens.
"Letras e becos - Literatura das Periferias de São Paulo" nasceu com a coprodução de Amanda Prado, Michel Yakini e Vivaldo Santos. Nas palavras dos próprios idealizadores, o objetivo ao divulgar gratuitamente a obra dessas escritoras e escritores é o de ampliar, ao máximo, a circulação e difusão da produção literária das periferias, no contexto da literatura brasileira contemporânea. A tradução para o inglês possibilita atingir leitores interessados em literatura brasileira não só dentro do país, mas também no exterior.

“O portal foi criado para ser mais um canal de comunicação entre pesquisadores, escritoras e escritores, ampliando a circulação e o acesso a esta autoria, e acreditamos que ele tem potência para crescer”, explica Amanda Prado, responsável pela organização e produção.

Os textos, disponíveis no endereço http://www.literaturaperiferica.com/, foram traduzidos por estudantes da Georgetown University, que estudam português como língua estrangeira.
Compõem a antologia os artistas Akins Kintê, Alessandro Buzo, Allan da Rosa, Binho, Débora Garcia, Dinha, Elizandra Souza, Fuzzil, Lids Ramos, Marco Pezão, Michel Yakini, Priscila Obaci, Raquel Almeida, Sacolinha, Samanta Biotti, Sonia Bischain, Tula Pilar Ferreira e Walner Danziger.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO JORNAL BDF
EDIÇÃO DE JOSÉ EDUARDO BERNARDES

Cidade foi palco de tiroteio a céu aberto, por mais uma vez, na noite desta quarta-feira


A cidade de São José de Ribamar no Maranhão, a terceira maior do estado, vem protagonizando com frequência cenários de faroeste pelos bairros locais.



Nesta quarta-feira (3) enquanto uma quadrilha de assaltantes de banco espalhava o terror na cidade de Bacabal, em Ribamar dezenas de estampidos de armas de fogo poderiam ser ouvidos em bairros como São Raimundo e Centro, fazendo com que famílias inteiras de ribamarenses entrassem em pânico, simultaneamente.

São José de Ribamar
A cidade de São José de Ribamar no Maranhão foi palco de tiroteio a céu aberto na noite desta quarta-feira (03); eventos que ocorrem com frequência.
Ações criminosas dessa natureza tem se tornado corriqueiras na chamada Cidade Balneária. Nos últimos anos, o turismo foi frontalmente afetado pelo clima de insegurança e violência que povoa, hoje, as comunidades de ponta a ponta.  Na madrugada de ontem, os ribamarenses, intranquilos, passaram grande parte das horas rogando por socorro diante do tiroteio que parecia não cessar.


Mas, outros eventos de igual ou maior proporção já haviam ocorrido, anteriormente.





FERNANDO ATALLAIA

DIRETO DA REDAÇÃO
Homem foi encontrado morto na residência do ex-prefeito de Vargem Grande, Dr. Miguel
 
Um fato estranho acaba de acontecer em Vargem Grande. Um homem, que ainda não foi identificado pelo Blog, foi encontrado morto no quintal da residência do ex-prefeito Dr. Miguel. 

TREZE GOLPES Homem foi encontrado morto na residência do ex-prefeito de Vargem Grande, Dr. Miguel.