Prefeitura apreende máquinas desmatando terreno sem licenças 

De acordo com informações prestadas pelo encarregado responsável, a obra é da Dimensão Engenharia.

Ação da Secretaria do Ambiente de São José de Ribamar (SEMAM-SJR), realizada no último sábado (7), com o apoio da Guarda Municipal, resultou na apreensão em flagrante de quatro máquinas que estavam desmatando terreno na Avenida da Maranguape, na Maiobinha.

Foram apreendidas duas caçambas, uma carregadeira e uma retroescavadeira. De acordo com informações prestadas pelo encarregado responsável, a obra é da Dimensão Engenharia.

As informações do desmatamento chegaram à Secretaria do Ambiente por meio de denúncias anônimas. Fiscais foram encaminhados para o local e constataram o crime. Os equipamentos foram conduzidos para o pátio da sede da Secretaria Municipal de Transporte Coletivo, Trânsito e Defesa Social (SEMTRANS).

Ação da Secretaria do Ambiente de São José de Ribamar (SEMAM-SJR), realizada no último sábado (7), com o apoio da Guarda Municipal, resultou na apreensão em flagrante de quatro máquinas que estavam desmatando terreno na Avenida da Maranguape, na Maiobinha.
De acordo com o que explicou o secretário do Ambiente, Nelson Weber, o encarregado da obra não apresentou nenhuma licença para executar o trabalho.

“Os equipamentos utilizados na infração ambiental foram apreendidos e a empresa responsável foi informada a comparecer na sede do órgão ambiental competente para apresentar as devidas licenças”, explicou o secretário.

A Secretaria do Ambiente foi uma das medidas iniciais tomadas pelo prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva (PSDB), na reforma administrativa aprovada na Câmara na última terça-feira (3).

Só na primeira semana, a Secretaria já deflagrou várias ações, fiscalizando diversos empreendimentos que se instalaram na cidade, onde alguns não cumprem as normas ambientais previstas em lei. As ações de fiscalização e monitoramento tem caráter contínuo e visa conscientizar, mas também coibir os ilícitos ambientais.
Como já havia apontado ANB Online, difícil relacionamento do Governo com membros da imprensa maranhense será um dos principais ‘Calcanhares de Aquiles’ do governador em 2018.

POR FERNANDO ATALLAIA
DIRETO DA REDAÇÃO

Ex-juiz federal, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) mostra desconhecer a sentença lacônica do ministro decano do STF, Celso de Mello que afirma que ‘’o exercício concreto pelos profissionais da imprensa, da liberdade de expressão, cujo fundamento reside no próprio texto da Constituição da República, assegura, ao jornalista, o direto de despender crítica, ainda que desfavorável, e em tom contundente, contra quaisquer pessoas ou autoridades’’.

Resultado de imagem para flavio dino

IMATURIDADE O governador Flávio Dino declarou ‘guerra’ contra a imprensa maranhense: único prejudicado será ele mesmo.
A política do contra-ataque do governo- que guarda visível ranço de autoritarismo- contra os membros da imprensa maranhense em muito pouco tempo se configurará um dos maiores obstáculos, senão o principal, ao projeto de reeleição do comunista ano que vem. O governo Dino mostra falta de articulação, visão míope, rasteira da importância da instituição democrática e o pior: se rir em balburdia da atuação de jornalistas, blogueiros, radialistas e demais profissionais que compõem o corpo comunicacional do estado.


A ‘guerra’ de Flávio Dino contra a imprensa é uma guerra perdida e só tende a prejudicar a ele mesmo como homem público.  Jactando e jactando-se, Dino entrega um projeto que se dizia legitimo em mudar o Maranhão nas mãos de dois secretários-chefes da liga comunista, estes que já deixaram claro a pretensão de instaurar no Maranhão um caso típico de governo alheio à multifacetada e plural opinião de milhões de eleitores. O governador troca farpas, esperneia, ‘dialoga’ com uma única mídia que no plano ideológico de seus aliados é sua principal adversária. Não é: há muito que no Maranhão a informação oficial e não-oficial se pulverizou, assim como seus efeitos.  Mas Flávio insiste: montou um time de blogueiros-jornalistas , composto por cinco  nomes, que descaradamente o defendem sem sugerir pauta renovada, novo caminho ao crescente desgaste.

Resultado de imagem para marcio jerry

A LIGA COMUNISTA Márcio Jerry, da Secretaria de Comunicação do Governo do Estado: muito aquém da realidade de sua própria pasta, ele montou time que...